Skidoo se Faz a Dois (Otto Preminger, 1968)

Ando vendo e revendo filmes de Otto Preminger para um projeto futuro e há uma penca de excelentes filmes em sua carreira. Um diretor que consegue ser distinto até mesmo em seus maiores fracassos. Skidoo se Faz a Dois é um desses filmes que parecem melhores de escrever, do que de ver. Dá para sacar diversos conceitos, dá para ver o que Preminger queria, mas a verdade é que tudo isso são ideias que não se resolvem enquanto filme. E o próprio cineasta tinha noção de que o filme não teria como ser bem-sucedido, como ele revela em suas entrevistas para Peter Bogdanovich. Skidoo é o resultado de suas experiências com ácido lisérgico e a visão excessivamente cartunesca de Preminger sobre o movimento hippie, onde tudo é uma grande caricatura do mundo moderno em plena revolução de costumes. Mais próximo do trabalho de Preminger em sua curta participação como ator no seriado Batman (por causa dos elementos camp e do psicodelismo) do que de qualquer outra obra assinada pelo cineasta, o próprio filme por vezes lembra mais uma estrutura de seqüência de sketkes de programa de humor de TV (alguns mais apressados poderiam associá-lo ao tipo de comédia besteirol que vinte anos depois se popularizaria no cinema e na televisão), em torno de uma galeria de tipos bizarros com um cast formado por comediantes fracassados ou em franca decadência (incluindo Groucho Marx, em seu último papel no cinema, interpretando um mafioso chamado Deus). É um divertimento satírico e cheio de gozações que vale mais pelo experimento do que pelo resultado propriamente dito, um filme com momentos inspirados, mas cuja proposta muito cedo é levada rumo a um processo de auto-esgotamento. Não é a toa que seja um filme adorado apenas pelos autoristas, que se perderão com certo deleite no universo premingeriano, enquanto que todos os demais certamente nem ao menos fazem questão de compreender esse objeto fílmico um tanto quanto bizarro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s