Caçada Sangrenta (Ozualdo Candeias, 1974)

caçada
Caçada Sangrenta, Ozualdo Candeias, 1974 ***¹/²

Um tanto menor comparado ao que Candeias havia feito até então, mas ainda dentro de seus padrões cinematográficos, com um veículo para o galã David Cardoso em forma de fita policial e de caçada, servindo como pretexto para uma percepção da matéria viva do cinema, um outro exercício de gênero por parte do diretor (aqui com mais ação física) que se manifesta por vezes de forma relativamente onírica, mítica e errante, cheio de personagens silênciosos, e com um uso imaginativo das locações, de acordo com um deslocamento espacial, um cinema de percurso, típicos em Candeias, além de um documento de uma parte do interior do país em sua região Central e figuras humanas a margem da sociedade, garimpeiros, ribeirinhos, garotas da periferia, motoqueiros. E com direito a uma bela perseguição de carros encenada numa estrada de terra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s