Foi Deus Quem Mandou (Larry Cohen, 1976)

bscap0293
God Told Me To, Larry Cohen, 1976 ****¹/²

Thriller policial fantasioso e com toques de horror e (lá pela tantas) até blackexploitation, reimaginando Jesus Cristo renascido nas ruas imundas de Nova York da época como o mentor de uma série de mortes, e um detetive incrédulo seguindo em seu encalço. Do contraste entre o filme policial urbano e realista típico do período setentista, com o terror sobrenatural e apocalíptico, God Told Me To constrói seu fascínio, que se acentua com o sustento de uma intensidade e atmosfera desde os minutos iniciais, além de algumas das sequências mais delirantes do cinema da Nova Hollywood. Há certas referências cinéfilas: a cena de abertura com o primeiro atentado que remete a Targets, primeira obra-prima de Peter Bogdanovich, ou a garota nua correndo a noite clamando por carona na estrada, que parece tirada de outro thriller paranoico e catastrófico de vinte anos antes, Kiss me Deadly. Dos melhores filmes americanos do seu tempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s